Voyeur          Peep-Hole          
Web Cam
          Tv          Artists          Atelier           Theory          News
          
          Collection          




ANTÓNIO NUNO JÚNIOR
08.05.08/17.07.08



A obra de António Nuno Júnior tem as suas raízes imediatas na prática cinematográfica muito embora os resultados finais das suas investigações se encontrem um pouco para lá do que comummente é tido como "cinem". O problema não reside, manifestamente, na natureza da sua pesquisa particular mas antes nas expectativas que se têm quando se considera, ainda hoje, essa prática como decorrente de uma história disciplinar canonizada e completamente identificável. De facto, o que é particularemente notável em toda a obra de ANJ, e mais ainda quando considerada como corpus, é a consciência do posicionamento histórico que nela encontramos. Esta consciência não passa directamente pela matéria de discurso mas antes pelas características do discurso ele próprio, rigoroso e complexo exercício de colocação de problemas, que cruza géneros e limites represntacionais.
Desde "Macau Farm", 1997, extenso documentário que alterna entrevistas a residentes da então colónia portuguesa com meditação pessoal sobre a possibiliddae do registo exacto de uma contingência histórica, até aos trabalhos mais recentes executados a partir do projecto "Singles", iniciado em 2004, como "Partigiana", 2005, ou "Marines", 2006, que o percurso de ANJ tem evidenciado uma primordial atenção, na sua diversidade formal, ao questionamento dos campos que tem atravessado: a possibilidade de um pós-cinema; a possibilidade de um posicionamento politico-ideológico; a tensão entre registos públicos e privados.